O que é Bioarquitetura?






Você já ouviu falar sobre Bioarquitetura? Esse termo vem tomando cada vez mais força quando falamos em construção e arquitetura aqui no Brasil. Mas afinal, o que ele significa?
A construção civil é um dos mercados que mais movimenta a economia nacional, mas também é um dos que mais consome insumos e gera resíduos. E com objetivos de amenizar esses problemas, veio a bioarquitetura, que nada mais é do que construir de maneiras mais sustentáveis.

O conceito de bioarquitetura parte do princípio que é possível, viável e necessário construir utilizando de tecnologias contemporâneas, elementos do clima e recursos naturais em novas construções para manter melhor qualidade habitacional.

O vento e o sol são uma importante parte na bioarquitetura, já que interferem diretamente na geração de energia. Ter uma climatização natural é extremamente importante, já que saber os locais de maior incidência de sol e as correntes de vento ajudam para uma melhor ventilação natural cruzada e diminuição do gasto energético. Utilizar da vegetação natural também é um dos pontos da bioarquitetura, resultando em telhados verdes e jardins verticais, que também contribuem na temperatura do ambiente. Já árvores, em vez de serem derrubadas, são incorporadas aos projetos.

Outro ponto forte da bioarquitetura são soluções de energia renováveis para a construção, como os clássicos painéis solares. A gestão da água também é bem importante, além da captação da água da chuva que pode ser usada para fins não potáveis.

Aqui no Brasil, a preocupação com soluções sustentáveis vem aumentando e os profissionais vem se adaptando a esta tendência global. As empresas estão mais preocupadas e os mercados estão investindo em novas tecnologias sustentáveis e soluções que causem menos prejuízo ao meio ambiente